Tantra Branco, Vermelho, Escuro e Negro | As cores do Tantra

Published: Feb 5, 2023 | Revised: Feb 17, 2023
Edited by: Marce Ferreira

Tantra Branco, Vermelho, Escuro e Negro | As cores do Tantra

O modo como o Tantrismo é praticado as vezes é dividido “cores” ou “linhas”, sendo isso apenas uma das muitas formas de categorização do Tantra. Neste post vamos conferir as diferenças entre o Tantra Branco, o Tantra Vermelho, o Tantra Escuro (ou Sombrio) e o Tantra Negro.

Além disso, pode-se também encontrar o Tantra Rosa e o Tantra Cinza. Não descreveremos esses tipos neste artigo, mas para resumir: o Tantra Rosa é geralmente considerado uma mistura entre o Tantra Branco e o Tantra Vermelho, e o Tantra Cinza uma mistura entre o Tantra Branco e o Tantra Negro.

Click for more detailseBook | Click for details
eBook - Tantric and Taoist Massage and Bodywork

Primeiro, para contextualizar, o Tantra como um todo é sobre abraçar e aceitar todo o nosso ser e nossas diferentes formas de nos expressar para assim nos tornarmos pessoas completas e plenas, sem separar nossos vários aspectos internos e externos em áreas distintas. Significa conseguir liberar e superar as partes reprimidas de nosso ser, que muitas vezes residem na esfera moral, sensual e sexual. Trata-se basicamente de trazer para a superfície da consciência todas as partes do nosso ser e, finalmente, transcendê-las afim de encontrar a felicidade e a iluminação espiritual.

O Tantra tem uma história de rebelião contra uma sociedade conservadora, buscando quebrar tabus e regras rígidas, e é por isso que as vertentes e os praticantes do Tantra têm sido frequentemente perseguidos e reprimidos pelas classes dominantes. Para uma sociedade que visa impor sua ordem rígida, o Tantra sempre foi visto como algo “perigoso”, ou mesmo algo que precisava ser eliminado.

Quanto aos tipos de Tantra que discutiremos mais abaixo, observe que você encontrará diferentes interpretações, principalmente no Ocidente; estas definições que apresentaremos não são algo fixo e definitivo, e sim um resumo das características gerais de cada vertente, um ponto de início para estudos mais aprofundados.

Além disso, é bom lembrar que as “cores” nem sempre são estritamente separadas; os ensinamentos e práticas do Tantra podem usar uma, misturar duas ou mais ou simplesmente usar todas as cores/vertentes do Tantra que abordaremos aqui.

Tantra Branco (White Tantra)

O Tantra Branco é uma prática espiritual pura, que tenta transcender diretamente o ego por meio de práticas de disciplina mental e física, usando técnicas de yoga e meditação. Normalmente há um professor ou Guru envolvido que compartilha ou transfere os ensinamentos. Práticas conhecidas do Tantra Branco são, por exemplo, Tantra Yoga, Kundalini Yoga e Kriya Yoga, e tipicamente no Tantra Branco você encontrará bastante uso de cantos, mandalas, nyasas, mantras, yantras e mudras.

O Tantra Branco, também as vezes chamado de “Linha Branca” é visto como uma maneira direta e rápida de alcançar o crescimento espiritual e, finalmente, a auto-realização ou iluminação espiritual. Na verdade, o Tantra Branco tenta contornar ou superar diretamente os elementos obscuros ou reprimidos em nosso ser com certas técnicas de Yoga. Talvez traga esses elementos para a consciência, mas não há objetivo de materializá-los ou realizá-los. No entanto, a saúde física, pureza e bem-estar também são considerados importantes para o crescimento espiritual, portanto, o trabalho de preparação do corpo também é significativo.

Além disso, no Tantra Branco, há muitas práticas relacionadas à purificação e refinamento do coração para chegar ao amor perpétuo. No entanto, até mesmo o Tantra Branco pode ser praticado com elementos sensuais e sexuais, sendo dessa forma chamado por alguns de Tantra Rosa.

Tantra Vermelho (Red Tantra)

O Tantra Vermelho está mais focado em usar e transformar a sensualidade e a sexualidade em reinos espirituais. Existe a ideia de buscar e abraçar o que é proibido, os tabus, para liberar a energia (sexual) reprimida. Acredita-se que essa energia reprimida cause bloqueios e frustrações e nos impeça de nos tornarmos um ser humano completo e pleno, expressando nosso eu interior de maneira saudável e equilibrada.

Click for more detailseBook | Click for details
Massagem Yoni - eBook

Isso geralmente tem a ver com emoções e desejos reprimidos, nos quais a sexualidade reprimida desempenha um papel importante. Mas também pode se estender a outras questões, como, por exemplo, o uso de drogas, o consumo de carne, a dança descontrolada, entre outras. Na verdade, trata-se de nos libertarmos de percepções, preconceitos, regras, julgamentos e moralidade predominantes na sociedade.

Notavelmente dentro do movimento Neotantra, vemos muito trabalho feito na esfera íntima, sexual e genital. Pense em modalidades e práticas como Massagem Lingam, Massagem Yoni, Respiração Tântrica, União Sexual e Sexo Tântrico, Terapia Corporal de Dearmoring Sexual e Emocional, Mapeamento da Yoni e práticas com a Yoni Wand (Varinha ou Bastão Yoni), apenas para dar alguns exemplos.

Tantra Escuro (Dark Tantra)

O Dark Tantra, que podemos traduzir como Tantra Escuro ou Tantra Sombrio, pode ser considerado uma forma “especializada” de Tantra Vermelho que se trabalha em áreas como submissão, jogo sensorial, kink, fetiches e práticas sadomasoquistas, em um espaço sagrado e seguro. A ideia aqui é superar a sexualidade reprimida, aceitando e abraçando nossa sexualidade, desejos e nosso “lado negro”, e desbloqueando e movimentando a Energia Vital Tântrica através do corpo. Na verdade, em sua forma mais elevada, é sobre transformação e cura.

Em um nível prático, pode-se ver o Tantra Escuro como uma mistura de BDSM (Bondage, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo), Tantra e Massagem Tântrica, criando uma combinação do que é proibido e extasiante ao mesmo tempo. Exemplos de terapias corporais contemporâneas desta prática são a Massagem Dark Tantra, Kinkassage® e Bondassage®, que são abordagens neotântricas e neotaoístas as quais misturam conceitos do Tantra, terapias corporais Taoistas, Kink, Fetichismo, Bondage e Massagem.

Tantra Negro (Black Tantra)

O Tantra Negro, também chamado de “Linha Negra”, se concentra nas práticas esotéricas de trabalhar com energias ocultas para realizar as intenções do praticante. Trata-se de adquirir e exercer poderes mágicos. Pode-se compará-lo com a chamada Magia Negra.

A prática, por exemplo, usa a energia sexual para visualizar certos desejos durante a relação sexual e o orgasmo, que supostamente se concretizam na vida real. Acredita-se também que usando certas técnicas tântricas e rituais tântricos é possível criar realidades alternativas, ou manipular e controlar outras pessoas.

Uma maneira interessante de olhar para o Tantra Negro é que – em contraste com as outras cores do Tantra – ele visa não apenas alcançar a plena consciência de nossos desejos mais íntimos (muitas vezes ocultos), mas também realizá-los ou materializá-los. Na verdade, isso torna o Tantra Negro uma prática mais explicitamente baseada no ego.

Claro, a ideia essencial do Tantra Negro também é conseguir compreender e superar nosso ego, mas a tentação de adquirir poderes reais para realizar (materializar) desejos ocultos profundos tem o risco de acabar deixando o praticante preso na “escuridão”.


eBooks & Videos
eBook - Tantric and Taoist Massage and Bodywork Body De-Armoring | Book eBook - Genital Massage and Bodywork eBook - Semen Retention, Ejaculation, and Orgasm Control Book - Abdominal Massage eBook - Sensual Erotic Massages


Artigos Relacionados